Cada época possui características peculiares que são determinadas pelas especificidades de seu tempo. Da mesma forma, a contemporaneidade se apresenta com registros socioculturais e simbólicos que emergem de condições e possibilidades que permitem constituírem-se configurações políticas, sociais e culturais vigentes em nossos dias.

 

O homem produziu, ao longo da história, valores, regras sociais, leis, tendências culturais, padrões de condutas e comportamentos. Em consequência desses dispositivos pertencentes ao seu tempo, produziu também formas de subjetividade, tanto individuais quanto sociais. Desde Freud, a psicanálise vem se interrogando sobre a cultura e seus fenômenos vigentes, principalmente no que diz respeito ao sujeito que ela produz e que sofre os efeitos de suas (re)configurações. O "mal-estar" (unbehagen) - termo que remete a um “sentir-se desprotegido”, a uma “falta de abrigo” – permeia a cultura e leva o sujeito a ter de se haver com esse lugar de eterna incompatibilidade entre suas necessidades individuais e as exigências socioculturais.

 

Assim, o tema “mal-estar na contemporaneidade” apresenta-se sempre pertinente e não deixa de suscitar questões a qualquer profissional atento que trabalha referenciado na teoria e prática psicanalíticas. A partir disso, a terceira turma do curso de Especialização em Clínica Psicanalítica da ULBRA/Santa Maria, através de sua trajetória enquanto colegas de profissão e de indagações, manifesta o desejo de construir e elaborar um evento abordando esta temática através de interlocuções, inclusive com outros saberes e práticas. De segunda a sexta profissionais da turma e convidados contribuirão com o evento, trazendo suas produções e questionamentos a respeito do tema proposto.

 

Além disso, diante de algumas importantes discussões da turma, identificou-se a universidade como sendo um lugar de transmissão (do que é possível) da psicanálise, em Santa Maria. Nota-se ainda que, ao mesmo tempo em que é detentora de grande parcela de um importante “despertar” para o campo da psicanálise, a universidade tem seus limites. Então, o evento irá reunir, no sábado, seus convidados (engajados com a psicanálise em Santa Maria), a fim de pensar e articular discussões psicanalíticas para além da universidade. Diante dessa proposta, a realização do evento se dará em espaço público, elegendo-se a Biblioteca Pública Municipal como parceira dessa iniciativa.

 

 

INFORMAÇÕES GERAIS DO EVENTO
 
Datas:
De 27 à 31/10/2014 - a partir das 18h 
01º/11/2014 - das 13:30h às 18:30h
(o credenciamento acontecerá diariamente, uma hora antes do início do evento) 
 
Local:
Biblioteca Pública Municipal
Av. Presidente Vargas, nº 1300
Santa Maria - RS
 
Público:
Profissionais e estudantes interessados e engajados com a proposta da Psicanálise
 
 
Confira também os Pré-encontros do evento clicando aqui.